Transformações Climáticas Provocam Guerras Entre Países Visto que Peixes


Dicas Sérias E Nomes Criativos Pra Sites


Em todo a nação, imensas startups estão construindo produtos novos, gerando vagas de serviço e transformando a experiência dos usuários pela web e em plataformas móveis, muitas vezes, em escala global. Percebemos assim como o número de iniciativas que estão sendo desenvolvidas por grandes organizações pra se aproximar cada vez mais do mundo das startups. A mais recente delas é o o Google Campus, espaço do Google onde os empreendedores aprendem, conectam-se e fundam organizações de alto choque que são capazes de variar o universo. No Campus São Paulo, eles receberão direção e treinamento de integrantes da comunidade recinto de startups, incluindo profissionais experientes e especialistas do Google.


Os empreendedores assim como terão acesso à web banda larga e a um lugar de trabalho propício ao surgimento de grandes ideias. O espaço contará com um Campus Café - Com acesso wi-fi gratuito, uma energia contagiante e diversas pessoas intrigantes. Um excelente recinto para solucionar coisas, fazer uma pausa ou trocar ideias com seus colegas. Espaço pra eventos, auditório com técnica pra cinquenta até cem pessoas.


Além do espaço de coworking, que gera aprendizado conjunto em um recinto de serviço compartilhado. No website do Google foi anunciado: “Estamos acertando os últimos detalhes do Campus São Paulo, nosso espaço pra empreendedores no Brasil. Está quase tudo pronto pra abrir as portas: construímos um recinto agradável, planejamos programas inovadores e reunimos um ótimo time”. O Google também anunciou André Barrence como o diretor do Campus São Paulo. Com criação em Direito e especialização em áreas como Inovação e Governança, Barrence conhece intimamente muitos estilos do ecossistema de startups e trabalhou em quase todas as etapas da jornada de um empreendedor.


Foi cofundador e diretor do SEED - Startups and Entrepreneurship Ecosystem Development, um dos mais bem-sucedidos programas de aceleração do nação e um marco pra comunidade do San Pedro Valley em Encantador Horizonte, Minas Gerais. Assim como é um defensor ágil de novas políticas públicas pra corporações em estágio inicial, mentor e empreendedor.


Confira abaixo uma entrevista com André sobre isso sua carreira e sua promessa para o Campus São Paulo. Como você se envolveu com a comunidade de startups no Brasil? Recentemente, me juntei à Geekie, uma startup de educação e aprendizado personalizado, onde trabalhei com uma equipe extraordinária e apaixonada pela democratização da educação de característica por intermédio da tecnologia. Como time, a todo o momento nos motivamos através do nosso propósito e pelos desafios, contudo também sentimos pela pele os percalços e as escolhas complicados que toda startup deve desafiar. Depois de essa experiência, mais do que nunca, estou convencido que empreendedores arrojados conseguem ajudar a solucionar alguns das dificuldades mais difíceis da nossa comunidade. Qual é o diferencial da comunidade de startups do Brasil?


AB: O Brasil tem um grande mercado interno, a maior economia da América Latina, talentos de categoria internacional e está abundante em empreendedores energéticos e resilientes. Além disso, há uma crescente comunidade, incluindo mentores, investidores e espaços como o Campus São Paulo. Nos últimos anos, vimos um número cada vez superior de startups com resultados expressivos e alto potencial de progresso, como Conta Azul, Nubank, Easy Taxi, Rock Content e Sympla, somente para referir novas. No Campus, queremos inspirar mais empreendedores e auxiliar tuas startups a evoluírem pro próximo estágio de progresso. O que a comunidade lugar poderá aguardar do seus primeiros meses no Campus?


  • Busca e compra de instrumentos

  • oito A Hannes Anier

  • Pare de se sabotar

  • trinta e nove Votação para administrador em andamento

  • um - Conheça o público-alvo

  • Tenha uma Bio intrigante

  • Amplificação da mensagem



AB: Temos várias coisas planejadas para nossos primeiros meses. A estreia do Campus está está prevista para a segunda quinzena de fevereiro no bairro do Paraíso. Texto originalmente publicado no Startupi. São Paulo - Quem é empreendedor a todo o momento deve procurar outras referências de detalhes. Isto é principlamente verdade no caso dos empreendedores principiantes, que não possuem a experiência como aliada pela hora de gerenciar o negócio respectivo. Para as pessoas que adora compreender a partir da leitura, separamos livros essenciais para todo dono de organização.


As obras ensinam, tendo como exemplo, a elaborar um ótimo plano de negócios, definir o diferencial do negócio, testar a ideia e fazer mais com menos. As indicações são de Bento Costa, coordenador do MBA Marketing e Varejo no Ibmec/DF; Marcelo Lage, do movimento Startify; e Solange Machado, docente da Business School São Paulo (BSP). Navegue pelos slides acima e atualize tua lista de leituras pra 2016! O "Guia primordial pra novos empreendedores" é uma série de 4 volumes elaborada pelo Sebrae de Minas Gerais (na reprodução acima, está o primeiro deles). Segundo Lage, o livro é indicado para que pessoas quer definir e elaborar seus próprios valores e interesses, com intenção de localizar oportunidades de negócio. Um enorme diferencial da série, diz o especialista, é tua linguagem: os livros contêm uma linguagem nova, com várias fontes ao mundo pop.


Há assim como uma série de exercícios práticos, pro empreendedor que ama estudar por exemplos. Muitas pessoas gostariam de ser empreendedoras, porém não querem ou não conseguem abandonar tua situação de funcionário. No entanto, mesmo dentro de uma organização é possível construir comportamentos empreendedores. É o que reconhece o livro "Empreendedorismo Corporativo", de José Dornelas.


O livro é uma bacana pedida para os que são atraídos pelo mundo do negócio próprio, entretanto ainda precisam adquirir valentia (e recursos) para abrir tua própria empresa. O livro "Bota Para Fazer",da Endeavor, é um roteiro como desenvolver um negócio, apresentando o bê-a-bá do empreendedorismo, admite Solange. Quem pensa em fazer um negócio deve conhecer o canvas, uma famosa metodologia usada para estruturar modelos de negócios. Pela tabela proposta no canvas, o empreendedor responde dúvidas básicas pra fazer sua empresa, explica Solange. No término, espera-se que o empreendedor principiante saiba projetar e implementar sistematicamente um novo plano de negócio - ou renovar um velho.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *